Hipotecas voltam a assustar e ações na Europa fecham em baixa

As bolsas de valores européias fecharamem queda nesta sexta-feira, depois que as ações de instituiçõesfinanceiras foram abaladas pelos desdobramentos da crise nosetor de hipotecas de alto risco. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst300, que reúne as principais ações das empresas européias,recuou 1,07 por cento, para 1.508 pontos. As ações do concessor de empréstimos britânico NorthernRock desabaram 31 por cento após emitir um alerta de resultadose tomar recursos emergenciais do Banco da Inglaterra. A notícia enviou ondas de choque ao setor financeiroeuropeu e colocou pressão sobre as ações de bancos deinvestimento norte-americanos. Entre os mais afetados, o HBOS caiu 4,5 por cento, oBarclays recuou 3 por cento e o Société Générale perdeu 2,3 porcento.Franz Wenzel, estrategista do AXA Investment Managers, emParis, disse que as instituições financeiras estão sentindo acrise no mercado hipotecário de alto risco dos EUA não apenaspela exposição direta a perdas mas também pelo aperto geral dascondições de crédito. "Os investidores devem se preparar para, no mínimo, algumassemanas de montanha-russa", afirmou. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de1,17 por cento, a 6.289 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 0,51 por cento, para7.497 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 0,49 por cento, para 5.538pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 0,79 porcento, a 30.397 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou perda de 1,54 porcento, aos 13.861 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve desvalorização de 0,64 porcento, a 12.117 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.