Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Holanda lidera ranking de investimentos produtivos no Brasil

País europeu foi responsável por 25,7% do IED em 2010, com US$ 169,5 bi investidos

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

15 de dezembro de 2011 | 12h22

BRASÍLIA - A Holanda é o país com mais investimentos produtivos no Brasil. Pesquisa realizada pelo Banco Central (BC) mostra que o país europeu conhecido pelos canais de Amsterdã é responsável por 25,7% de todo o Investimento Estrangeiro Direto (IED) no País, aquele destinado à construção de fábricas, lojas e compra de empresas, entre outras operações. Em 2010, a Holanda somava US$ 169,505 bilhões em investimentos produtivos no Brasil.

Entre as várias empresas holandesas presentes no País, estão companhias conhecidas do consumidor brasileiro, como a cervejaria Heineken, o atacadista Makro, a eletrônica Philips e a fabricante de bens de consumo Unilever, dona de marcas como Omo, Seda e Maizena no Brasil.

Atrás da Holanda, os Estados Unidos aparecem como segundo maior investidor no Brasil, com US$ 125,412 bilhões aplicados até 2010, cifra que corresponde a 19% do estoque de IED. Da maior economia do mundo, há uma série de empresas com negócios no Brasil, com especial destaque às do setor automotivo (General Motors e Ford).

Em terceiro lugar, aparece a Espanha, com US$ 79,494 bilhões em investimentos no Brasil (12% do total), que tem presença marcante no segmento de telecomunicações (Telefônica) e financeiro (Santander).

A lista dos maiores investidores continua com Luxemburgo (5% do estoque de investimento estrangeiro produtivo no Brasil), França (4,6%), Japão (4,2%), Reino Unido (3%), México (2,9%), Alemanha (2,4%), Suíça (2,3%), Ilhas Cayman (2,2%) e Canadá (2,1%). Todos os demais países não atingiram 2% do investimento total.

A China, grande compradora de produtos brasileiros e que atualmente tem demonstrado interesse em investir no Brasil em segmentos diversos como eletrônicos e montadoras, não aparece na lista.

Tudo o que sabemos sobre:
holandabrasiliedinvestimento externo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.