Holandesa DSM compra divisão de vitaminas da Roche

A DSM NV, segunda maior fabricante de produtos químicos da Holanda, vai adquirir a divisão de vitaminas da Roche Holding AG, por 2,25 bilhões de euros (US$ 2,23 bilhões), com a empresa holandesa caminhando mais um passo em sua expansão para o mercado de ingredientes para alimentos. A Roche venderá sua divisão de vitaminas à DSM por menos do que as vendas da unidade em 2001, que foram de 2,4 bilhões de euros. A Roche também assumirá as responsabilidades por qualquer reclamação relacionada com o litígio de fixação de preços. Segundo os termos do acordo, todas as responsabilidades presentes e futuras resultantes do litígio sobre a fixação de preços de vitaminas permanecerão com a Roche. Franz Humer, executivo-chefe da Roche, disse que atualmente há um litígio pendente nos EUA e acrescentou que ainda não fica claro se a companhia terá que fazer outras provisões para solucionar esses casos pendentes. A União Européia (UE) multou a Roche no ano passado em 462 milhões de euros, pelo s eu papel na fixação de preços. A divisão de vitaminas da Roche é a maior fabricante mundial de vitaminas, emprega 7.500 pessoas e se tornará uma unidade da DSM. O grupo holandês afirma que a combinação dos produtos de ciência para vida da DSM com a divis ão de vitaminas da Roche resultará em uma das principais fornecedoras mundiais à indústrida da ciência para vida. A divisão da Roche registrou vendas de 1,75 bilhão de francos suíços (US$ 1,18 bilhão) no primeiro semestre de 2002 e um lucro operacional d e 140 milhões de francos suíços (US$ 94,4 milhões). A DSM teve vendas de 2,8 bilhões de euros (US$ 2,77 bilhões) no primeiro semestre. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.