Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Holland prevê recuperação das economias internacionais

O secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, disse nesta segunda-feira, 28, durante o Seminário Rumos da Economia, organizado pela Revista Brasileiros, que está em curso o início de um grande ciclo de crescimento das economias internacionais.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS E RICARDO LEOPOLDO, Agencia Estado

28 de abril de 2014 | 15h25

"Acreditamos que estamos para iniciar um grande ciclo de crescimento das economias mundiais", afirmou Holland, em São Paulo. Na sua avaliação, as economias mundiais deverão encerrar 2014 com crescimento de 3,6%. A grande novidade, de acordo com o secretário, será a contribuição das economias avançadas para o crescimento mundial.

Segundo Holland, não há evidências de que países em desenvolvimento deixaram de puxar a economia. Ele citou o documento do Fundo Monetário Internacional (FMI) que diz que cada 1 ponto porcentual de expansão nos Estados Unidos agrega 0,3 ponto porcentual no PIB dos países emergentes. "O Brasil está muito bem, com crescimento médio de 3,1% do PIB ao ano desde 2008", afirmou.

Setor público.

Holland também disse que a dívida pública bruta no Brasil está relativamente estável, ao redor de 58% do Produto Interno Bruto (PIB), enquanto este mesmo indicador apresentou elevação nos últimos anos em outros países, entre eles os avançados, devido aos efeitos da crise internacional sobre suas respectivas economias. "Além disso, estamos criando 20 milhões de empregos na última década, inclusive com redução do índice de Gini, que ocorre independente da variação dos ciclos econômicos", destacou.

Tudo o que sabemos sobre:
HollandseminárioSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.