Hollande terá corte de 30% no salário

A Assembleia Nacional da França votou ontem pela redução dos salários do presidente François Hollande e do primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault em 30%, para € 14.910 mensais, como parte de uma série de medidas para cortar o orçamento. Os ministros também terão seus vencimentos reduzidos em 30%, para € 9,940 por mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.