Homem ameaça se explodir próximo a escritório de premiê na Grécia

No entanto, nenhum explosivo foi encontrado com o suspeito

Álvaro Campos, da Agência Estado,

30 Outubro 2012 | 15h00

ATENAS - Um homem foi preso hoje próximo ao escritório do primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras, após ameaçar se explodir, segundo informou um porta-voz da polícia local. Mas nenhum explosivo foi encontrado com o suspeito.

O homem, de 58 anos, entrou na rua onde fica o escritório do premiê e começou a gritar que tinha explosivos e iria se suicidar. Imediatamente a polícia cercou a área e negociadores foram chamados. Após quase uma hora de conversa, ele acabou sendo detido.

O suspeito, que estava a cerca de 100 metros do escritório de Samaras, tinha apenas um controle de remoto de televisão, uma bateria e um telefone celular. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
GréciaHomem bomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.