Homem foragido há 20 anos é preso na Polônia por não usar máscara

Detido havia sido condenado por assassinato; agora, irá cumprir 25 anos de prisão

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de janeiro de 2022 | 20h38

VARSÓVIA - Um homem condenado na Polônia há mais de vinte anos por assassinato foi preso em Varsóvia por não usar máscara dentro de uma loja, informou uma porta-voz policial nesta terça-feira, 4, à Agência France-Presse.

"O indivíduo foi preso pela Polícia no distrito de Bielany por não usar máscara", informou a subinspectora Elwira Kozlowska. 

O homem, de 45 anos, foi levado para um centro de detenção preventiva e deve cumprir uma sentença que o condenou a 25 anos de prisão. 

Kozlowska se recusou a dar detalhes sobre o assassinato pelo qual o detido foi condenado. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.