Honda anuncia recall de 102 mil automóveis Civic no País

Convocação, feita por conta de problemas em peça do motor, é parte do anúncio global feito pelo grupo esta semana

Cleide Silva, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2011 | 00h00

A Honda do Brasil inicia, na quarta-feira, o recall de 101.693 modelos sedã Civic para corrigir defeitos na bomba d"água do motor, problema que pode resultar em acidentes. O recall anunciado ontem faz parte da convocação mundial feita pela montadora japonesa no início da semana envolvendo 200 mil unidades de três modelos da marca, dos quais só o Civic é fabricado no País.

Na ocasião, a Honda informou que estava analisando a situação das unidades do novo Civic produzidas em território nacional para verificar se o recall seria necessário. Estão envolvidos os modelos brasileiros fabricados entre 2008 e 2011. Será providenciada, gratuitamente, a substituição dos parafusos da polia da bomba d"água do motor.

Segundo nota da Honda, "algumas unidades poderão apresentar o desprendimento deste componente, o que poderá acarretar no aumento do esforço de esterçamento do volante, além de outros sintomas como o superaquecimento do motor. Em casos extremos, também poderá ocorrer o desligamento do motor em movimento, dificultando o controle do veículo, com risco de colisão."

A empresa sugere que os proprietários agendem o conserto em uma das concessionárias da marca e fornece mais detalhes sobre o recall no site www.honda.com.br/recall ou pelo telefone 0800-775-5346 .

Os veículos que terão de retornar às lojas para consertos representam 63% de todos os modelos Civic emplacados no País desde 2008. Ontem, a consultoria J.D. Power divulgou estudo inédito de satisfação dos consumidores brasileiros com seus automóveis, e o Civic foi o campeão no segmento de carros médios. Numa escala de até mil pontos, o sedã obteve 830 pontos. A pesquisa envolveu 5 mil consumidores.

Problemas. Desde janeiro, incluindo a nova convocação feita ontem, um total de 609,2 mil veículos estão incluídos em campanhas de recall. Esse não é maior recall feito pela Honda Automóveis no Brasil. Em fevereiro do ano passado, a montadora convocou 186.902 unidades do compacto Fit por causa de problemas no sistema dos vidros elétricos. Em outubro, 129.324 unidades do City e do Fit tiveram de ser levados às concessionárias para aplicação de proteção suplementar no sensor do pedal do acelerador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.