Horário bancário volta a ser de 5 horas

Os bancos comerciais, os bancos múltiplos com carteira comercial e as caixas econômicas voltarão a operar com horário mínimo de cinco horas de atendimento ao público nas agências, a partir do próximo dia 11 de março. O diretor de Normas do Banco Central, Sérgio Darcy, esclarece que "neste mínimo de cinco horas, os bancos vão ter de manter obrigatoriamente as agências abertas entre o meio-dia e 15 horas".A decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN), segundo Darcy, decorreu do fim do racionamento de energia. Durante o período de racionamento, que termina hoje, as agências bancárias vinham sendo abertas entre 9h e 14h e entre 9h e 15h, dependendo da região em que a agência está instalada.Sobre o horário de funcionamento dos caixas eletrônicos, o diretor do BC disse que passará a ser livre, a partir do próximo dia 11 de março. "A definição ficará a cargo dos bancos", disse Darcy. Ele lembrou, entretanto, que o Ministério da Justiça vem discutindo com os bancos a possibilidade de restrição do horário de funcionamento desses caixas, devido ao problema de segurança pública.Até o dia 11 de março, os caixas eletrônicos continuarão funcionando entre 6h e 22h. O diretor do BC informou ainda que o CMN decidiu deixar livre a fixação de horário para o funcionamento de outras instituições autorizadas a operar pelo Banco Central, como os bancos de investimento, as corretoras, empresas de leasing e financeiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.