Horário de verão termina neste sábado em 10 Estados e DF

Moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País deverão atrasar seus relógios em uma hora

Leonardo Goy, Agência Estado

12 de fevereiro de 2009 | 10h48

O horário de verão, que começou em 18 de outubro de 2008, terminará à meia-noite deste sábado, 14. Os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste do País deverão atrasar seus relógios em 1 hora.   Veja também: Saiba quais Estados devem atrasar os relógios   O principal objetivo do horário de verão é desobstruir o sistema elétrico nos horários de maior consumo, entre o fim da tarde e o início da noite. A mudança nos relógios faz com que a luz natural, que nessa época do ano já é mais intensa, seja aproveitada por mais tempo, reduzindo o consumo de energia.   O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, informou há pouco que a edição 2008/2009 do Horário de Verão gerou uma economia ao País de aproximadamente R$ 4 bilhões. Durante a entrevista à Globo News, Lobão reiterou que o Brasil não sofre riscos de um novo apagão. Lembrou que estão sendo feitos investimentos na geração e, principalmente, na transmissão de energia.   Na mesma entrevista, Lobão disse que houve uma redução de 2000 MW no consumo de energia durante o chamado horário de pico, que vai das 18 horas até as 21 horas. "Somente no Sudeste, economizamos o equivalente a 65% do consumo do Rio de Janeiro. E no Sul, o equivalente a 85% do consumo de Curitiba (PR)", afirmou o ministro.

Tudo o que sabemos sobre:
horário de verãofimeconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.