finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Horta para apartamento é lançada em feira de produtos sustentáveis na China

Exposição em Hong Kong mostra também um equipamento para produzir energia com as ondas do mar

Gustavo Aguiar, especial para o Estadão,

28 de outubro de 2013 | 17h37

SÃO PAULO - Uma empresa de tecnologia verde desenvolveu um novo sistema cultivo de hortaliças que dispensa o uso de fertilizantes e permite o cultivo de uma horta dentro de casa ou até de um apartamento. A novidade foi apresentada em uma feira de produtos sustentáveis na China.

A feira também apresenta uma barca não tripulada que pode recolher e analisar amostras de água para estudos sobre poluição. Outro produto curioso é um dispositivo utilizado para gerar eletricidade a partir das ondas do mar.

A feira mundial com inovações tecnológicas para proteção ambiental e sustentabilidade movimenta o mercado de tecnologia verde. É a oitava edição da Eco Expo Asia, aberta nesta segunda-feira, 28, em um dos centros tecnológicos mais importantes do mundo, em Hong Kong, na China.

Energia. Os equipamentos expostos na Eco Expo Asia, que prossegue até dia 31, aliam tecnologia de última geração para melhorar a qualidade do ar e da água, oferecer soluções práticas para o manejo e a reciclagem do lixo  e aumentar a eficiência na produção de energia.

O tema da feira neste ano é o uso de tecnologia verde para uma economia com baixo consumo de carbono. Aproximadamente 300 expositores de 19 países apresentam inovações na área. Entre os expositores, estão fabricantes do Canadá, Alemanha, Japão, Macau, Rússia, Suíça e Indonésia.

 

O mercado de tecnologia verde é um dos que mais cresce no mundo, segundo a Cambium Consultoria, uma empresa britânica especializada que prevê uma movimentação mundial de mais de US$ 10 bilhões de dólares em 2020 no setor. Na Inglaterra, o mercado de tecnologia sustentável cresce quase quatro vezes mais que o de tecnologia tradicional, de acordo com a consultoria.

Tudo o que sabemos sobre:
Sustentabilidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.