Hospital lança fundo imobiliário

O prédio do Hospital Nossa Senhora de Lourdes será vendido a investidores por meio de cotas de um fundo imobiliário autorizado pela Comissão de Valores Mobiliários e estruturado pela Brazilian Mortgages. A rentabilidade bruta mensal será de 1,25% com correção anual pelo IGP-M ou calculada sobre 8% do faturamento bruto do hospital, o que for maior.O hospital foi fundado há 40 anos e hoje é o carro-chefe do Grupo NSL, conta Cícero Aurélio Sinisgalli, presidente do grupo, que reúne 15 empresas da área médica e tem 150 sócios. Entre as empresas está o Hospital da Criança, responsável por 20% do faturamento anual do grupo, previsto em R$ 92 milhões para 2000. "O objetivo é levantar recursos para investimentos, como ampliar o Hospital da Criança", diz Sinisgalli.O diretor da Brazilian Mortgages, Fábio Nogueira, explica que o rendimento virá do aluguel do prédio pelos atuais gestores em um contrato de 20 anos, renovável por mais 20. Ele afirma que, com o rendimento de 1,25%, o investidor obterá mensalmente 0,98% líquido, o que equivale à rentabilidade de um fundo DI. Há desconto da taxa de administração - 2% sobre o rendimento - e de Imposto de Renda. Uma aplicação de R$ 10 mil, por exemplo, renderá R$ 98,00 por mês líquidos. Quando os juros caírem, o fundo imobiliário renderá mais que o DI.Procedimento e liquidez da aplicaçãoA compra do hospital pelo fundo será feita por R$ 20 milhões em 20 emissões de cotas de R$ 1 milhão cada. Cada cota vale R$ 100,00 e o número mínimo para compra é 50, o que equivale à aplicação mínima de R$ 5 mil. Os rendimentos mensais serão pagos pelo Banco Itaú por meio de depósito do valor líquido na conta corrente indicada.Uma restrição do investimento é a liquidez, ou seja, facilidade de negociação. Por isso, no primeiro ano, o Grupo NSL recomprará cotas do aplicador interessado em desfazer-se do negócio pelo valor de aquisição. De acordo com Nogueira, em até um ano, as cotas poderão ser negociadas em bolsa de valores. Caso encontre comprador no mercado, o investidor poderá fazer a transferência em qualquer agência do Banco Itaú.Garantia do fundoEm um fundo imobiliário como o do hospital, o locatário é único, e, se houver falta de pagamento, o rendimento mensal será comprometido. Como prevenção, o contrato de aluguel foi feito em nome do Grupo NSL com fiança pessoal dos proprietários. "Toda receita obtida pelo hospital de convênios será creditada em uma conta e o primeiro pagamento a ser feito será o aluguel", diz Nogueira. Além disso, as cotas são patrimônio do investidor. Maiores informações podem ser obtidas no Banco Ourinvest, pelo telefone (11) 253-3690, ou nos sites da construtora Coelho da Fonseca, da corretora Coinvalores ou da própria Brazilian Mortgages (veja links abaixo).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.