Hotel vira bunker para proteger autoridades

O hotel Hilton foi transformado em um bunker de alta segurança para receber os ministros de Finanças e presidentes dos bancos centrais das principais economias do mundo, o G-20 Financeiro. Entre os visitantes ilustres, está o presidente do Fed (o Banco Central americano), Ben Bernanke.O já tumultuado trânsito da região da Avenida Luís Carlos Berrini, cheia de prédios de escritórios de linhas arrojadas, ficou mais difícil com as barreiras criadas pela segurança. Ninguém entrava sem autorização.O Hilton fica em um complexo de prédios de escritório e lojas onde há dois centros de compras. No subsolo, há acesso direto para o Shopping Nações Unidas. As portas, porém, estavam trancadas.O primeiro dia da reunião do G-20 começou tumultuado para a imprensa. Por causa do interesse provocado pela crise financeira internacional, a reunião do G-20 recebeu um número inédito de pedidos de credenciamento: cerca de 420. O local escolhido para as entrevistas, porém, comporta apenas 175 pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.