HP anuncia a aquisição da Palm por US$ 1,2 bilhão

Valor acertado é 23% superior ao valor de mercado da fabricante de smartphones

Reuters,

28 de abril de 2010 | 18h15

A HP anunciou nesta quarta-feira, 28, que fechou um acordo de compra da Palm por US$ 1,2 bilhão, valor 23% superior ao valor de mercado da companhia, para ampliar sua participação no mercado de smartphones.

 

O anúncio ocorre após semanas de rumores em Wall Street sobre o futuro da fabricante de smartphones, que já dominou o mercado mas hoje é ofuscada pelo iPhone da Apple e BlackBerry da Research in Motion (RIM).

 

Sob o acordo, aprovado pelos conselhos de ambas as empresas, a HP pagará US$ 5,70 por ação da Palm. O valor é 23% mais alto que o preço da ação no fechamento desta quarta-feira, de US$ 4,63.

 

O atual presidente-executivo da Palm, Jon Rubinstein, deve permanecer na empresa, informou a HP em comunicado, acrescentando que espera que a aquisição seja concluída no terceiro trimestre fiscal, que fecha em 31 de julho.

 

Algumas fontes de bancos de investimento afirmavam que a Lenovo seria a principal candidata para adquirir a Palm, após a empresa norte-americana ser rejeitada por possíveis compradores asiáticos, incluindo HTC e Huawei.

 

(Reportagem de Tiffany Wu)

Tudo o que sabemos sobre:
HPPalmsmartphoneaçõesaquisição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.