HRT alcança acordo para encerrar disputas judiciais

A HRT Participações celebrou acordos com Edmundo Falcão Koblitz, Marcello Joaquim Pacheco, François Moreau e Oscar Alfredo Prieto para encerrar e prevenir litígios, informou a empresa, em comunicado ao mercado.

AE, Agencia Estado

29 de abril de 2014 | 23h25

A petroleira disse que o acordo com Koblitz foi firmado em 9 de abril, resultando na desistência da ação cautelar de nº 0069996-92.2014.8.19.0001, que corria na 4ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro. Koblitz buscava um efeito suspensivo para mantê-lo no cargo de membro do Conselho Fiscal.

A HRT também assinou hoje um acordo com Pacheco e as partes protocolaram uma petição informando a desistências das demandas no processo de número 0076438-74.2014.8.19.0001, que estava em curso na 5ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro. Pacheco também questionava o afastamento do cargo no Conselho Fiscal.

A empresa complementou que nos demais acordos celebrados hoje "as partes concordaram que todas as eventuais demandas existentes nas quais a companhia figure como autora ou ré deverão ser extintas, de modo a evitar dispêndio adicional de recursos da companhia".

Os acordos com Koblitz e Pacheco ainda estão sujeitos à ratificação dos acionistas em Assembleia Geral. (Fernando Ladeira - fernando.ladeira@estadao.com)

Tudo o que sabemos sobre:
Brasilhrtacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.