Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

HSBC eleva recomendação para a dívida brasileira

O banco HSBC recomendou a seus investidores que elevem sua exposição aos títulos da dívida externa do Brasil de neutral (na média do mercado) para overweight (acima da média do mercado). Em nota para clientes, os estrategistas do banco britânico prevêem que os ativos brasileiros estão entre os que apresentam o melhor potencial de valorização no início do próximo ano. O banco também recomenda uma posição overweight para os bônus da Argentina, Panamá e Peru no primeiro trimestre de 2006."Na nossa opinião, o maior risco para os mercados emergentes em 2006, incluindo o primeiro trimestre, seria um ambiente menos favorável nos mercados globais, aliado a um aumento do barulho político, pois vários países terão eleições", afirmaram. "Entretanto, é importante notar que apenas a política não deverá afetar negativamente a dinâmica da dívida emergente."Eles observam que o fim do ciclo de relaxamento monetário em vários países emergentes parece estar próximo, apenas com algumas exceções, como no Brasil e Polônia. "Isso nos deixa com menos oportunidades nos mercados domésticos", afirmaram.

Agencia Estado,

08 de dezembro de 2005 | 16h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.