finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

HSBC faz recomendações de investimento

O HSBC mantém a recomendação de manutenção para as ações preferenciais tipo B (PNB, sem direito a voto) da Eletrobrás (preço-alvo de R$ 35,20 - sem data prevista para que essa meta seja atingida) e para as ações preferenciais (PN, sem direito a voto) da Petrobrás (preço-alvo de R$ 71,02 - sem data prevista para que essa meta seja atingida), apesar da definição das regras que possibilitarão o desenvolvimento do programa de termelétricas pelo governo federal. De acordo com o relatório dos analistas Fernando Aoad e Fábio Zagatti, a influência destas normas sobre o resultado das companhias não será grande. No relatório do HSBC, os analistas também fizeram previsões sobre o impacto do racionamento na Vale do Rio Doce. Segundo o estudo, a companhia estima um investimento de US$ 2 bilhões para os próximos cinco anos com o objetivo de aumentar a suficiência de energia da empresa, minimizando os custos com o insumo - que representaram 2,6% do custo do produto vendido do primeiro trimestre deste ano. Sobre a união entre Aracruz e VCP, os analistas acreditam que a operação será exclusiva para disputar a compra do controle da Cenibra, que será leiloada amanhã pela Companhia Vale do Rio Doce. As duas companhias informaram ao mercado, na última sexta-feira, a formação de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), com 50% para cada empresa. "Esta SPE tem o intuito único de concorrer ao leilão e, em caso de vitória, administrar a companhia adquirida. Não há intenção futura de fusão das empresas", afirmam os analistas.

Agencia Estado,

05 de junho de 2001 | 09h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.