HSBC negocia compra de 70% do 4o maior banco da África do Sul

O HSBC está em negociações para comprar até 70 por cento do banco sul-africano Nedbank, em um acordo potencial de 6,8 bilhões de dólares que pode dar ao maior concessor de empréstimos da Europa uma porta para o continente africano.

REUTERS

23 de agosto de 2010 | 09h16

O HSBC e a seguradora anglo-sul-africana Old Mutual, que tem a fatia controladora no Nedbank, disseram em comunicados separados nesta segunda-feira que estão em negociações exclusivas sobre o acordo.

O Old Mutual disse que o HSBC compraria até 70 por centro do quarto maior banco da África do Sul, em um acordo que pode valer 6,8 bilhões de euros, dado o atual valor de mercado do Nedbank.

Ainda não estava claro se o HSBC precisaria de aval de órgãos reguladores sul-africanos para comprar uma fatia no banco. O HSBC já está presente na África do Sul, oferecendo serviços de bancos comerciais e banco pessoal.

"Essa é a coisa certa para o HSBC fazer se quiser se focar em mercados emergentes", disse Dominic Cha, analista no BNP Paribas em Hong Kong.

As ações do Nedbank subiam 6,7 por cento, enquanto o Old Mutual ganhava 4,1 por cento e o HSBC 0,7 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSAFRICANEDBANK*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.