Estadão
Estadão

HSBC prepara corte de milhares de empregos no mundo, diz Sky News

De 10 mil a 20 mil empregos serão cortados, disse o canal de TV, citando fontes não identificadas; banco não comentou a informação

Matt Scuffham, Lawrence White, Reuters

02 de junho de 2015 | 10h46

O HSBC pode anunciar milhares de cortes de empregos em um evento na semana que vem, como parte da estratégia de retomada do maior banco da Europa pelo presidente-executivo Stuart Gulliver, disse a Sky News na segunda-feira.

O plano pode também levar Gulliver a vender as operações no Brasil e na Turquia e reduzir o banco de investimento do HSBC.

De 10 mil a 20 mil empregos serão cortados, disse a Sky News, citando fontes não identificadas. O número ainda não tinha sido finalizado e Gulliver revelará o plano em uma apresentação a investidores em 9 de junho, disse a emissora.

O HSBC não comentou a informação. 

Não estava claro quanto dos cortes viria de iniciativas já anunciadas pela instituição financeira.

Gulliver foi indicado presidente-executivo em 2011 e cortou mais de 50 mil empregos no banco como parte de uma reestruturação. No entanto, ele ficou sob pressão de acionistas para fazer mais para reavivar o banco.

Tudo o que sabemos sobre:
HSBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.