HSBC vê dificuldade em determinar cenário para 2008

O maior banco da Europa, HSBC informounesta sexta-feira que é difícil determinar o cenário para 2008dadas as piores turbulências econômicas em uma geração, masinformou que seus importantes mercados na Ásia continuarão amostrar "razoável crescimento". "Os Estados Unidos estarão fracos e podem cair em recessão--apesar de recentes indicações mostrarem sinais que apontampara diferentes sentidos. A Europa continuará relativamentefraca --apesar da zona do euro ter mostrado recentemente sinaisinesperados de resistência", disse o presidente do conselho dainstituição, Stephen Green, à investidores. "Ninguém sabe quanto disso impactará a Ásia e outrosmercados emergentes, mas, no geral, eles continuarão a exibirrazoável crescimento." O banco informou mais cedo neste mês que o lucro doprimeiro trimestre ficou acima do obtido um ano antes por contado crescimento na Ásia que ajudou a contrabalançar cerca de 5bilhões de dólares em perdas com créditos vinculados ao mercadoimobiliário dos Estados Unidos e baixas contábeis. (Por Clara Ferreira-Marques)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.