Hungria chega a acordo com FMI e UE sobre pacote de ajuda

A Hungria chegou a um acordo com o Fundo Monetário Internacional e a União Européia para uma amplo pacote de ajuda econômica, informou o FMI no domingo. "Um substancial pacote de empréstimo em apoio a essas fortes políticas será anunciado quando o programa estiver finalizado nos próximos dias", disse o diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn em um comunicado que não sinalizou o tamanho da ajuda. "Entre os participantes estarão o FMI, a União Européia e alguns governos europeus, juntos com instituições regionais e multilaterais", ele acrescentou. Ele afirmou que o pacote irá ajudar a fortalecer a estabilidade de curto prazo da economia húngara e melhorar seu crescimento potencial de longo prazo. "O programa... irá garantir a sustentabilidade fiscal e o fortalecimento do setor financeiro", disse Strauss-Kahn. A Hungria iniciou conversações para uma eventual ajuda financeira do FMI e do Banco Central Europeu no começo deste mês depois que investidores estrangeiros derrubaram os ativos húngaros, a moeda local se depreciou fortemente e o mercado de títulos do governo ficou congelado por preocupações com a grande necessidade de financiamento externo do país. (Por Lesley Wroughton)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.