coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

IBC-Br cresce 1,26% em janeiro sobre dezembro, diz BC

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) subiu 1,26% em janeiro de 2014 em relação a dezembro de 2013, após registrar queda de 1,40% no último mês do ano passado em relação ao mês anterior (dado revisado), na série com ajuste sazonal. De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira, 14, pelo BC, o número passou de 144,09 pontos em dezembro para 145,91 pontos em janeiro na série dessazonalizada.

MURILO RODRIGUES ALVES, Agencia Estado

14 de março de 2014 | 08h57

A alta do IBC-Br ficou acima da mediana das projeções dos analistas do mercado financeiro ouvidos pelo AE Projeções - alta de 1,00%. As estimativas iam de queda de 0,10% a alta de 1,80%. Ainda em base mensal, o IBC-Br sem ajuste ficou praticamente estável, com ligeira alta de 0,01%.

Na comparação entres os meses de janeiro de 2014 e 2013, houve alta de 0,93% na série sem ajustes sazonais. Na série observada, o primeiro mês deste ano terminou com IBC-Br em 139,48 pontos. O resultado do indicador de janeiro de 2014 ante janeiro de 2013 também ficou acima da mediana das (-0,60% a +1,70%, com mediana positiva de 0,55%).

Nos 12 meses encerrados em janeiro de 2014, o crescimento foi 2,29% na série

sem ajuste. O IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses.

Tudo o que sabemos sobre:
IBC-BrBCjaneiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.