Iberia reverte prejuízo e lucra US$ 39,4 milhões no 2º trimestre

Receita foi impulsionada pela expansão de rotas entre a Espanha e a América Latina e um aumento da demanda por viagens aéreas 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

27 de agosto de 2010 | 08h46

A Iberia, a maior companhia aérea espanhola em valor de mercado e vendas, afirmou que registrou lucro líquido no segundo trimestre, como resultado da expansão de suas rotas entre a Espanha e a América Latina e um aumento da demanda por viagens aéreas que impulsionou sua receita.

A Iberia reportou um lucro líquido de € 31 milhões de euros (US$ 39,41 milhões) no segundo trimestre, revertendo o prejuízo líquido de € 73 milhões no mesmo período do ano passado. O resultado superou as estimativas dos analistas de um lucro € 7 milhões.

A receita da companhia aumentou 10% no segundo trimestre, para € 1,13 bilhão.

Em abril, a Iberia anunciou um acordo de fusão com a British Airways, aprovado em julho pela Comissão Europeia (CE) em julho. A fusão entre as companhias aéreas Iberia forma a terceira companhia da Europa, atrás da Lufthansa e da Air France-KLM, e a uma das cinco mais importantes do mundo.

(Com informações da Dow Jones e Efe)

Tudo o que sabemos sobre:
iberiabalançolucroprejuízotrimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.