IBGE: 11 atividades industriais têm alta de preço no IPP

Do total de 23 atividades da indústria de transformação pesquisadas, 11 registraram aumento de preços na porta de fábrica em abril, apontou o Índice de Preços ao Produtor (IPP) apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mês anterior, apenas seis segmentos haviam verificado preços mais elevados.

DANIELA AMORIM, Agencia Estado

28 de maio de 2014 | 09h37

Na passagem de março para abril, as principais quedas foram verificadas em fumo (-2,83%), outros equipamentos de transporte (-2,73%) e madeira (-2,33%). Já a maior alta de preços foi observada na indústria farmacêutica (2,26%). Em relação às maiores contribuições para a deflação de 0,38% verificada pelo indicador no mês, sobressaíram-se as atividades de outros produtos químicos (-0,19 ponto porcentual), alimentos (-0,08 ponto porcentual), papel e celulose (-0,07 ponto porcentual) e outros equipamentos de transporte (-0,06 ponto porcentual).

Tudo o que sabemos sobre:
produtorpreçosIBGEabrilatividades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.