Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

IBGE abre concurso para preencher 6.500 vagas temporárias de trabalho nas pesquisas mensais

Remuneração vai de R$ 1.345 a R$ 3.100 para funções que exigem nível médio de instrução e chega a R$ 5.100 para o cargo de supervisor

Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2021 | 17h29

RIO - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que abrirá um concurso para preenchimento de 6.500 vagas temporárias de trabalho nas pesquisas que constam no calendário de divulgação mensal do órgão, com oportunidades em todos os estados do País.

Os quatro editais publicados no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 10, preveem 5.623 vagas para agente de pesquisas e mapeamento; outras 552 vagas para supervisor de coleta e qualidade; 300 vagas de agente de pesquisas por telefone; e 25 cargos de supervisor de pesquisas. 

As remunerações vão de R$ 1.345 a R$ 3.100 para as funções que exigem nível médio de instrução: agente de pesquisas por telefone, agente de pesquisas e mapeamento e supervisor de coleta e qualidade. O cargo de supervisor de pesquisa demanda ensino superior completo, com salário de R$ 5.100.

As inscrições para agente de pesquisas e mapeamento e supervisor de coleta e qualidade começam na quinta-feira, 11 de março, e se estendem até o próximo dia 26. As provas estão previstas para o dia 2 de maio.

Para os editais de seleção aos cargos de agente de pesquisas por telefone e supervisor de pesquisas, com oportunidades apenas para o Rio de Janeiro, o prazo de inscrição se encerra no dia 31, com previsão de provas em 9 de maio.

“Todas as etapas seguirão os protocolos sanitários de prevenção da covid-19”, informou o IBGE, em comunicado.

A seleção será feita por meio de uma prova objetiva de 60 questões de múltipla escolha envolvendo conhecimentos gerais e específicos. As inscrições serão feitas através dos sites do Cebraspe e do IBFC, que organizam os processos seletivos.

Os contratos terão duração de até um ano, mas podem ser prorrogados até um período máximo de três anos, de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária.

O IBGE também está com processo seletivo aberto para preencher 204.307 vagas temporárias de recenseadores e agentes censitários para trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2021. O levantamento, que já enfrentou cortes orçamentários, deveria ter ocorrido no ano passado, mas acabou adiado em função da pandemia do novo coronavírus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.