IBGE alerta para queda na safra agrícola

Uma nova safra agrícola recorde no País, considerada como certa no final do ano passado, pode estar comprometida por problemas climáticos, segundo alertou hoje o chefe do departamento de agropecuária do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Carlos Alberto Lauria. O IBGE divulgou hoje uma estimativa de safra 1,89% menor do que a prevista em janeiro, o que significa uma redução de 2 milhões de toneladas entre as duas projeções, por causa de problemas climáticos em importantes regiões produtoras de soja. Em janeiro, a previsão era de safra de 132,97 milhões de toneladas e no levantamento de fevereiro, divulgado hoje, caiu para 130,45 milhões, volume 5,9% maior do que a safra anterior (123,18 milhões de toneladas). Mas Lauria já adiantou que a estimativa de março, a ser divulgada em abril pelo IBGE, vai trazer uma nova revisão para baixo da safra, por causa de problemas na soja no Rio Grande do Sul. Além disso, segundo ele, houve adversidades no clima e atrasos no plantio do milho 2ª safra em algumas regiões, cujas conseqüências ainda são imprevisíveis. "As próximas estimativas também serão menores, pois os problemas climáticos no Sul do País e no centro-oeste não foram contabilizados em fevereiro. Ainda é cedo para dizer se haverá queda na safra em relação ao ano passado, será preciso esperar uns dois meses para uma avaliação melhor", disse Lauria, que no entanto não descarta a possibilidade de uma redução na safra 2003/2004 em relação a colhida em 2002/2003.

Agencia Estado,

25 Março 2004 | 13h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.