IBGE: bens duráveis tiveram alta de 27,8% nas vendas

O segmento de móveis e eletrodomésticos, que registrou expansão de 27,8% nas vendas em abril deste ano ante igual período do ano passado, respondeu por quatro pontos porcentuais, ou 46%, do crescimento de 8,7% nas vendas do comércio varejista, na mesma base de comparação. A informação foi divulgada hoje pelo técnico da coordenação de comércio e serviços do IBGE, Reinaldo Pereira. Segundo ele, ao contrário do que ocorreu com as vendas de hiper e supermercados, afetadas negativamente pela alta de preços, o desempenho de móveis e eletrodomésticos foi impulsionado exatamente pelos preços baixos que vêm sendo apurados nesses produtos, favorecidos pelo câmbio e a facilidade de importação de produtos e matérias-primas.Além disso, de acordo com Pereira, as vendas de bens duráveis continuam muito estimuladas pelo crédito e o alongamento dos prazos de financiamento. Na comparação com março, as vendas de móveis e eletrodomésticos aumentaram 0,9% em abril.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

17 de junho de 2008 | 10h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.