Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

IBGE: cigarro e remédio puxam alta do IPCA-15 de maio

Das classes de despesa usadas para calcular o Índice de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), o grupo dos alimentos registrou alta de 0,29% em maio, ante a taxa de 0,20% em abril. Os destaques de alta foram apurados em: leite longa vida (6,26%), batata-inglesa (18,47%), carnes (0,74%) e tomate (6,69%). Já as principais deflações entre os alimentos foram vista no açúcar cristal (-1,33%) e hortaliças (-5,39%), além do arroz (-3,13%) e feijão carioca (-7,51%).

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 09h33

Já os produtos não alimentícios subiram 0,68% no IPCA-15 este mês, ante alta de 0,41% no mês anterior. Os cigarros (18,42%) e os remédios (3,21%) foram os itens que mais pressionaram o IPCA-15 de maio, respondendo, juntos, por 0,26 ponto porcentual, ou 44% da inflação de 0,59% registrada pelo indicador neste mês.

Outros itens que pressionaram os itens não alimentícios em maio foram energia elétrica (1,85%) e empregado doméstico (1,35%).

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIBGEIPCA-15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.