carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

IBGE: cigarro sobe 15% em abril puxa aceleração do IPCA

Os preços dos cigarros subiram 14,71% no mês passado e representaram a principal contribuição da aceleração do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), na passagem de março para abril, de 0,20% para 0,48%, respondendo por 0,13 ponto porcentual da taxa do indicador apurada no período, informou hoje o IBGE.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

08 de maio de 2009 | 09h48

Além dos cigarros, outros itens no grupo de Despesas Pessoais, que subiu 2,14% no período, influenciaram para a alta do IPCA do mês passado. Entre eles, os destaques ficam por conta de empregado doméstico (1,83%), cabeleireiro (1,59%), manicure (1,44%) e costureira (1,16%).

Houve pressão, ainda, no IPCA de abril, dos remédios (2,89%), energia elétrica (0,87%), vestuário (1,08%), gás de cozinha (2,41%) e batata inglesa (18,57%). Já do lado das pressões negativas, destacaram-se os eletrodomésticos (-1,34%), como TV e Som (-0,66%), além dos automóveis novos (-0,47%), automóveis usados (-1,62%), gasolina (-0,46%) e álcool (-3,02%).

Segundo o IBGE, o grupo dos não alimentícios registrou alta de 0,58% em abril, ante avanço de 0,17% em março, enquanto o grupo dos alimentos e bebidas desacelerou de uma alta de 0,30% em março para 0,15% em abril.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIPCAIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.