coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

IBGE: demanda, crédito e emprego dão impulso à indústria

As regiões com maior destaque no desempenho da produção industrial no acumulado de 2007 até agosto (Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo) tiveram impacto positivo dos mesmos fatores que têm garantido o aquecimento da indústria nacional, segundo a economista Isabella Nunes, da coordenação de indústria do IBGE.São eles o crescimento da demanda doméstica, com melhoria das condições de crédito e do mercado de trabalho; a manutenção do dinamismo de produtos tipicamente de exportação; a recuperação do setor agrícola e o dinamismo de setores produtores de bens de capital.Isabella sublinhou que as 14 regiões pesquisadas, exceto o Ceará, mostraram crescimento na produção no acumulado do ano. A indústria cearense (-0,8% no acumulado de janeiro a agosto), segundo ela, está 50% concentrada nos segmentos têxtil e de alimentos, essencialmente exportadores e que têm apresentado mau desempenho na região.André Macedo, também economista da coordenação de indústria, disse que, em geral, os dados regionais de agosto mostram que "houve um perfil generalizado de crescimento nas diversas bases de comparação". Isabella acrescentou que "a indústria mostra um quadro positivo e as sondagens mostram boas perspectivas".

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

09 de outubro de 2007 | 12h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.