IBGE: desemprego de 8,6% em março é o menor desde 2002

A taxa de desemprego de 8,6% apurada pelo IBGE em março de 2008 foi a menor para um mês de março da série histórica da pesquisa, iniciada em março de 2002. Segundo o gerente da pesquisa mensal de emprego, Cimar Azeredo, a variação da taxa de março em relação a de fevereiro (8,7%) não é considerada "estatisticamente significativa" e o IBGE considera que houve estabilidade na taxa de um mês para o outro.O IBGE divulgou também que a queda de 14,1% no número de trabalhadores desocupados em março, ante igual mês de 2007, foi o maior recuo apurado ante igual mês do ano anterior desde agosto de 2005.Massa salarialA massa de rendimento médio real habitual dos ocupados, que é a soma de todos os rendimentos de todos os ocupados, chegou a R$ 25,5 bilhões em março, com aumento de 0,5% ante fevereiro e alta de 6,3% ante março de 2007.O IBGE divulgou ainda que o rendimento médio real domiciliar per capita, nas seis regiões metropolitanas pesquisadas, ficou em R$ 769,38 em março, com alta de 0,8% ante fevereiro e de 4,6% na comparação com março do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.