Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

IBGE: desemprego de outubro tem menor taxa para o mês

A taxa de desemprego de 8,7% divulgada hoje pelo IBGE foi a menor apurada para um mês de outubro desde o início da série histórica da pesquisa, em 2002. O gerente da pesquisa mensal de emprego, Cimar Azeredo, disse que a queda já era esperada por causa da sazonalidade que ocorre nessa época do ano, tradicionalmente de recuo do desemprego. Segundo ele, a variação da taxa em relação à apurada em setembro (9%) não é estatisticamente significativa, mas aponta uma "tendência de queda".As principais quedas na taxa de desemprego, entre as seis regiões pesquisadas, ocorreram nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro (de 7,2% em setembro para 6,5% em outubro) e Porto Alegre (7,1% para 6,3%). São Paulo, que havia puxada a queda da taxa em setembro (9,4% na região), ficou com o desemprego praticamente estável em outubro (9,5%, também a menor taxa em mês de outubro na região desde o início da série).Segundo Azeredo, normalmente a taxa primeiro cai em São Paulo (em agosto havia sido de 10,1%, recuando fortemente em setembro) e, em seguida, outras regiões acompanham a tendência do mercado de trabalho paulista, que responde por 40% da população ocupadas das seis regiões pesquisadas.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

22 de novembro de 2007 | 10h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.