IBGE destaca investimentos na produção em 2007

O coordenador de indústria do IBGE, Silvio Sales, disse que os dados de produção industrial de janeiro a novembro do ano passado revelam que os investimentos foram o destaque do ano de 2007. "Os investimentos cresceram de forma generalizada e isso leva à ampliação da capacidade produtiva do País, trazendo um certo alento para a discussão se há capacidade instalada para crescer. Se há aumento da produção de bens de capital acima da média da indústria, isso abre espaço para atendimento da demanda com aumento da capacidade", disse.No acumulado de janeiro a novembro de 2007, a produção industrial cresceu 6%, enquanto a produção de bens de capital (máquinas e equipamentos) aumentou 19,5%.Segundo Sales, outro destaque no desempenho da indústria em 2007 foi o impacto do crédito, do mercado de trabalho, da expansão da renda e da inflação dentro da meta esperada sobre os bens de consumo, especialmente os duráveis.ImportaçõesEle observou que as importações tiveram impacto sobre os produtos semi e não duráveis (aumento abaixo da média, de 3,5% no acumulado de janeiro a novembro), mas a demanda interna tem ajudado esse segmento a reagir nos últimos meses. Segundo ele, ainda não há evidências de que o aumento nos preços dos produtos alimentícios em 2007 possa ter afetado essa categoria.A produção de bens duráveis, impulsionada sobretudo pelo crédito, aumentou 9% no acumulado do ano até novembro e a de bens intermediários cresceu, no período, 4,7%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.