Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

IBGE: dólar influencia queda nos preços de alimentos

O dólar em baixa influenciou a queda nos preços de vários produtos alimentícios em outubro, segundo observou a coordenadora de índices de preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eulina Nunes dos Santos. Como exemplo, ela citou a deflação nos preços do bacalhau (-6,95%), farinha de trigo (-2,38%), macarrão (-1,01%), biscoito (-0,97%) e pão francês (-0,34%).

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

11 de novembro de 2009 | 10h37

Por outro lado, Eulina destacou a alta no açúcar cristal, que subiu 5,59% no mês passado e acumula uma alta de 60,88% em 2009. Segundo ela, essa alta reflete a queda de oferta do produto no mundo, com a quebra da safra da cana-de-açúcar na Índia. Juntos, o açúcar refinado (que acumula alta de 48,82% no ano) e o açúcar cristal respondem por 0,18 ponto porcentual, ou cerca de 5% do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado de 3,50% de janeiro a outubro deste ano.

Acumulado

A inflação acumulada pelo IPCA em 12 meses até outubro de 2009, de 4,17%, representa a menor variação para 12 meses apurada pelo IBGE desde outubro de 2007, quando foi de 4,12%, segundo destacou Eulina. Ela sublinhou também que a taxa de 0,28% apurada em outubro foi a menor para meses de outubro registrada desde 2000 (0,14%). "O IPCA em 12 meses confirma a tendência observada desde o final do ano passado, de convergência para números cada vez menores na inflação em 12 meses", disse. Em janeiro de 2009, o IPCA acumulava alta em 12 meses de 5,84%.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoIBGEIPCA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.