IBGE: dólar leva deflação à indústria de transformação

A desvalorização do dólar em relação ao real ajudou na queda de 0,38% nos preços dos produtos na porta de fábrica da indústria de transformação em abril. O câmbio teve influência nos resultados negativos das atividades de papel e celulose e de outros equipamentos de transporte, que contribuíram com -0,13 ponto porcentual para o Índice de Preços ao Produtor do mês, divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

DANIELA AMORIM, Agencia Estado

28 de maio de 2014 | 09h57

A atividade de outros equipamentos de transporte teve recuo de 2,73% no mês de abril, o resultado mais baixo de toda a série. Segundo o IBGE, os preços do setor foram fortemente influenciados pela queda do dólar no mês, já que o peso representado pelas exportações na atividade é grande, com destaque para os aviões e motocicletas.

Já a atividade de papel e celulose teve recuo de 2,16% em abril. Os produtos com maior impacto para o resultado do setor foram celulose e cadernos. Nessa atividade, o IBGE esclareceu que a desvalorização do dólar em relação ao real foi potencializada pela queda nos preços médios da celulose exportada.

Tudo o que sabemos sobre:
produtorpreçosIBGEabrildólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.