IBGE e Conab reduzem estimativa para safra agrícola em 2009

Companhia Nacional de Abastecimento aponta estiagem na região Sul como principal responsável pela queda

Jacqueline Farid e Sandra Manfrini, da Agência Estado,

07 de maio de 2009 | 09h39

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgaram nesta quinta-feira, 7, uma redução nas suas novas estimativas para a safra de grãos do País neste ano. O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do IBGE relativo a abril aponta uma estimativa de safra de 136,0 milhões de toneladas em 2009, volume um pouco inferior à estimativa anterior, relativa a fevereiro, que projetava uma safra de 136,4 milhões de t para o ano.

 

Se confirmada, a safra prevista para 2009 será 6,8% menor do que a do ano passado, quando atingiu 145,8 milhões de toneladas. A área colhida deverá atingir 47,3 milhões de hectares, com acréscimo de 125,7 mil hectares ante 2008.

 

Já a Conab estima uma colheita de 136,589 milhões de toneladas, número 0,7% menor (984 mil toneladas) que a estimativa feita em abril, de 137,573 milhões de toneladas. Mesmo assim, destaca a Conab, o período ainda segue como o segundo melhor da história.

 

Em relação à safra anterior (2007/2008), quando a colheita foi de 144,113 milhões de toneladas, há uma queda de 5,2% ou de 7,524 milhões de toneladas. O principal fator apontado pela Conab para a queda na estimativa foi a estiagem na região Sul, que interrompeu a sequência de dois meses de crescimento que vinha sendo registrado na atual safra de grãos do País.

Tudo o que sabemos sobre:
Safra Agrícola

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.