IBGE: emprego industrial cai pelo 6º mês seguido

O emprego industrial no País caiu 0,6% em março ante fevereiro, na série com ajuste sazonal, informou hoje o IBGE. É o sexto resultado negativo do dado na comparação em base mensal.

Jacqueline Farid, Agência Estado

12 de maio de 2009 | 09h36

Ante março do ano passado, a ocupação na indústria recuou 5%, na maior queda nesse tipo de comparação apurada pelo IBGE desde o início da série da pesquisa, em 2001.

No acumulado do primeiro trimestre de 2009, o emprego industrial recuou 4% ante igual período de 2008, no maior recuo apurado na série da pesquisa do IBGE, iniciada em 2001. A queda trimestral no emprego interrompe uma sequência de dez trimestres de taxas positivas, segundo o IBGE.

Folha de pagamento

O valor da folha de pagamento real (descontada a inflação) da indústria caiu 2,5% em março ante fevereiro, na série livre dos efeitos sazonais, informou o IBGE. Na comparação com março do ano passado, o valor total da folha de pagamento industrial recuou 2,2%.

O número de horas pagas na indústria também mostrou resultados negativos em março, com recuo de 0,9% ante fevereiro, o que representa a sexta queda consecutiva ante mês anterior, e retração de 5,6% ante março do ano passado, na quinta taxa negativa consecutiva nessa base de comparação.

Tudo o que sabemos sobre:
empregoindústriaIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.