IBGE: fatia de SP no PIB cresceu para 12,3% em 2005

A participação porcentual do município de São Paulo no total do PIB do País voltou a aumentar em 2005, após cair sucessivamente entre 2002 e 2004. A fatia da capital paulista no total da riqueza gerada no País subiu de 11,7% em 2004 para 12,3% em 2005, segundo mostra a pesquisa Produto Interno Bruto dos Municípios Brasileiros, divulgada hoje pelo IBGE, mas ainda foi inferior à apurada em 2002 (quando era de 12,8%).Entre as cinco capitais que lideram o ranking do PIB brasileiro e concentram um quarto da riqueza nacional (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Belo Horizonte), o maior aumento de participação, de 2004 para 2005, ocorreu em São Paulo. A principal queda de um ano para o outro ocorreu no Rio de Janeiro (5,8% para 5,5%).Ainda segundo a pesquisa, os cinco municípios de menor PIB em 2005 representavam aproximadamente 0,001% do total do PIB do País. São eles, em ordem decrescente, Olho D''água do Piauí (Piauí), São Luis do Piauí (Piauí), Quixabá (Paraíba), São Miguel da Baixa Grande (Piauí) e Santo Antonio dos Milagres (Piauí). IndústriaA pesquisa do IBGE mostra que, em 2005, o município de São Paulo mantinha-se como o principal pólo industrial do Brasil, com participação relativa de 9,8% no valor da indústria nacional, apesar de ter perdido participação em relação a 2002 (10,7%). O Rio de Janeiro também permanecia como segundo colocado no ranking industrial (2,5%), apesar de vir perdendo participação relativa desde 2002, quando sua participação relativa era de 3,4%.De 2002 para 2005, segundo a pesquisa, Campos dos Goytacazes (RJ) teve o maior aumento porcentual de participação no PIB industrial (0,8 ponto porcentual). Por outro lado, os municípios que apresentaram as maiores perdas de participação no valor da indústria foram São Paulo (menos 0,9 ponto) e Rio (menos 0,8 ponto).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.