Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

IBGE: folha de pagamento em setembro tem maior alta

O aumento de 6% na folha de pagamento real dos trabalhadores da indústria, na comparação com setembro do ano passado, foi a maior expansão apurada ante igual mês do ano anterior pelo IBGE desde maio de 2005, segundo a economista Denise Cordovil, da coordenação de indústria do IBGE. A folha de pagamento real da indústria também tem alta de 1% ante agosto e acumula no ano, até setembro, aumento de 5%. Em 12 meses, o aumento apurado pelo IBGE foi de 4,2%.Denise explicou que os ganhos na folha refletem o controle da inflação e, ainda, a melhoria do mercado de trabalho industrial, com aumento da ocupação especialmente em segmentos que pagam maiores salários.Na comparação com setembro do ano passado, entre as atividades pesquisadas, os maiores aumentos na folha ocorreram em meios de transporte (15,6%), produtos de metal (16,9%), alimentos e bebidas (6,2%) e produtos químicos (8,6%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.