IBGE: investimento fica próximo a consumo do governo

O investimento quase igualou o consumo do governo no terceiro trimestre do ano ao alcançar o patamar de 18,34% do Produto Interno Bruto (PIB), o mais alto para o período desde o primeiro registro da pesquisa do PIB na metodologia atual, em 2000. De acordo com os dados do IBGE divulgados hoje, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), formada basicamente pelos investimentos em máquinas, equipamentos e construção civil, foi de R$ 118,303 bilhões em um PIB de R$ 645,158 bilhões no período. Já o consumo do governo ficou em 119,079 bilhões, ou aproximadamente 18,46% do total do PIB.O consumo das famílias é o item de maior peso no PIB pela ótica da demanda e foi de R$ 390,598 bilhões no terceiro trimestre deste ano. O valor equivale a 60,54% do PIB do período.As exportações de bens e serviços de julho a setembro totalizaram R$ 93,881 bilhões, ou 14,55% do PIB, segundo o IBGE. As importações foram de R$ 83,880 bilhões. A variação de estoques foi de R$ 7,178 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.