IBGE: menor nº de dias úteis explica queda da produção

O coordenador de indústria do IBGE, Silvio Sales, disse que "nada leva a crer que tenha ocorrido em novembro uma inflexão na trajetória de crescimento da atividade econômica, em especial da industrial". Segundo divulgou hoje o instituto, a produção industrial caiu 1,8% em novembro ante outubro de 2007.Segundo Sales, o recuo ante outubro foi influenciado por elevada base de comparação e, ainda, pelo menor número de dias úteis. O mês de novembro de 2007 teve 20 dias úteis, ante 22 dias úteis em outubro. Segundo ele, o ajuste sazonal não consegue neutralizar completamente esse efeito.Sales destacou que é difícil precisar o efeito que o feriado do Dia da Consciência Negra, que foi no dia 20 de novembro, teve sobre a produção industrial. Segundo ele, 222 municípios tiveram feriado neste dia e, entre eles, estão 20 municípios que respondem por 23% do PIB industrial do País. "Dá para inferir que houve um efeito desse feriado nos dados na margem e, se isso for verdade, haverá a devolução desse efeito em dezembro", disse.SetoresA queda (-1,8%) na produção em novembro ante outubro atingiu 18 de 27 segmentos pesquisados pelo IBGE nessa base de comparação. O principal impacto para o recuo ocorreu em veículos automotores (-3,9%), seguido de edição e impressão (-5,8%) e alimentos (-1,9%).Por outro lado, 21 dos 27 setores pesquisados em novembro na comparação com igual mês de 2006 mostraram crescimento na produção. Neste caso, os automóveis inverteram a influência e cresceram 23,3%, com o principal impacto positivo para o crescimento na média da indústria (6,7%). Outro impacto importante de alta, nessa base de comparação, foi dado por máquinas e equipamentos (18,3%), impulsionado especialmente por máquinas para colheita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.