IBGE: população ocupada em SP soma 9,09 mi em março

A população ocupada na Região Metropolitana de São Paulo somou 9,09 milhões em março, equivalente a um aumento de 0,9% ante fevereiro e de 4,3% ante março de 2007. Já o número de desocupados (sem trabalho e procurando emprego) na região somou 941 mil pessoas, representando uma alta de 1,3% ante fevereiro, e uma queda de 16,7% na comparação com março de 2007.Com isso, a taxa de desemprego apurada pelo IBGE na região ficou em 9,4% em março, ante 9,3% em fevereiro. A variação de um mês para o outro não é considerada como estatisticamente significativa pelo instituto, que considera que a taxa ficou estável em março, ante fevereiro, na região. Em março do ano passado, a taxa de desemprego na região havia sido de 11,5%.RegiõesEntre as seis regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE, a menor taxa de desemprego em março foi registrada no Rio de Janeiro (6,7%) e a maior taxa foi apurada em Salvador (12,8%). SetoresEntre os grupamentos de atividades investigados na pesquisa mensal de emprego do IBGE, nas seis principais regiões metropolitanas do País, o maior aumento da ocupação apurado em março na comparação com o mês anterior foi apurado no setor de construção civil (4,3%), seguido de outros serviços (hospedagem, alimentação, turismo, com alta de 0,9%) e indústria (0,7%). A única atividade a registrar queda no número de ocupados ante fevereiro foi o comércio (-1,3%).Na comparação com março do ano passado, a atividade com maior expansão no número de ocupados foi outros serviços (7,2%), seguido de serviços prestados às empresas (inclui atividades financeiras), com alta de 5,5%, e educação, saúde e administração pública (5,0%). Nesse confronto, o único recuo foi apurado em serviços domésticos (-6,1%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.