IBGE prevê safra de grãos de 112,9 milhões de t em 2005

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reduziu mais um vez a projeção para a safra 2005, que segundo Levantamento Sistemático da Produção de setembro deverá alcançar 112,936 milhões de toneladas, volume 0,17% inferior à estimativa de agosto (113,131 milhões de t). A safra de grãos estimada será 5,4% menor do que a safra 2004 (119,370 milhões de t). Os técnicos do IBGE salientam, no documento de divulgação, que a colheita da maioria dos produtos desta safra já foi encerrada e agora resta apenas acompanhar os produtos de inverno, especialmente o trigo. No caso do trigo, houve uma queda de 2% em relação à estimativa prevista em agosto, por causa de chuvas em excesso no Paraná, que prejudicaram a produtividade e a qualidade de colheita. Segundo o IBGE, nesta safra a produção do cereal será de 5,096 milhões de t, 11% inferior à safra 2004 (5,726 milhões de t).Entre os demais produtos analisados, haverá aumento ante a safra anterior na produção de soja (3,17%), feijão de segunda safra (7,55%) e feijão de terceira safra (13,16%). Além do trigo, apresentaram queda ante a safra 2004, o milho de primeira safra (menos 12,96%), milho de segunda safra (menos 28,44%), algodão herbáceo (menos 3,11%), arroz em casca (menos 0,18%), feijão de primeira safra (menos 2,62%) e sorgo (menos 27,66%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.