IBGE: produto não alimentício pesou menos na inflação

Os produtos não alimentícios tiveram alta de 0,34% registrada pelo IPCA de abril, próxima à alta de 0,36% em março, segundo o IBGE. Em abril, os preços do vestuário subiram em média 1,53%; os artigos de limpeza, 1,41%; remédios, 1,18% e artigos de higiene pessoal, 0,80%.Os destaques de queda no mês entre os produtos não-alimentícios foram os combustíveis (álcool, com -0,65%, e gasolina, -0,14%) e energia elétrica (-0,49%). A coordenadora de Índices de Preços, Eulina Nunes dos Santos, explicou que o álcool baixou de preço e, como é misturado à gasolina, reduziu também o preço deste combustível. Já a redução da energia elétrica deve-se a uma queda de 17% na tarifa em Belo Horizonte.O índice geral do IPCA subiu 0,55% em abril, com cerca de metade dessa inflação provocada pela alta dos preços de alimentos (1,29%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.