IBGE: Recife tem IPCA-15 mais alto entre 11 capitais

A região metropolitana de Recife foi a que registrou maior inflação em maio, entre as 11 pesquisadas pelo IBGE para o cálculo do IPCA-15 do mês. Segundo o instituto, os preços na região subiram 1,28%, devido à alta de 2,81% nos preços dos alimentos, além de aumentos em itens, como gás de botijão (9,07%) e energia elétrica (1,59%).Já o menor resultado de inflação, no âmbito do IPCA-15 de maio, foi encontrado em Belo Horizonte, com taxa de 0,13%, influenciado pela queda de 13,92% nas contas de energia elétrica que reflete parte da redução de 17,11% nas tarifas desde 08 de abril.Segundo o IBGE, as outras regiões apresentaram os seguintes resultados em maio: Rio de Janeiro (0,54%), Porto Alegre (0,76%), Brasília (0,78%), Belém (0,83%), Fortaleza (0,40%), Salvador (0,26%), Curitiba (0,91%), Goiânia (0,86%) e São Paulo (0,47%). São Paulo foi a região que apresentou a menor taxa de elevação nos preços dos alimentos no ano, até maio, com variação de 4,51%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.