coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

IBGE: redução da ocupação em São Paulo é preocupante

Índice de desemprego em São Paulo passou de 6,3% da força de trabalho, em março, para 6,7%, em abril

Fernanda Nunes, da Agência Estado,

23 de maio de 2013 | 14h36

RIO - O mercado de trabalho na região metropolitana São Paulo é "preocupante", aponta o coordenador de Trabalho e Rendimento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Cimar Azeredo. Ele ressalta que a região responde por 40% do mercado de trabalho brasileiro.

O índice de desocupação em São Paulo passou de 6,3% da força de trabalho, em março, para 6,7%, em abril. Em abril de 2012, a taxa foi de 6,5%.

Na passagem de março para abril, 33 mil pessoas saíram do grupo de ocupados em São Paulo. Na indústria, a queda foi de 1,0% e, nos serviços prestados às empresas, de 2,6%.

Comparado a abril de 2012, a variação da população ocupada da indústria foi negativa em 0,6%; e da construção civil, em 8,5%.

"O que está acontecendo com a construção é uma incógnita", afirmou Azeredo.

Outra queda importante percebida em São Paulo foi a dos serviços domésticos, de 14,0%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.