Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

IBGE revisa para cima o PIB de 2012 e 2013

Em 2012, o crescimento da economia foi revisado de 1,8% para 1,9%, enquanto que, em 2013, de 2,7% para 3,0%

Daniela Amorim e Vinicius Neder, O Estado de S. Paulo

17 de novembro de 2015 | 10h49

RIO - O  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dados atualizados do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2012 e 2013, ambos revisados para cima. Em 2012, o crescimento do PIB foi revisado de 1,8% para 1,9%, enquanto que, em 2013, de 2,7% para 3,0%. 

O PIB somou 4,8 trilhões em 2012, segundo os dados das Contas Nacionais definitivas. Em 2013, o PIB totalizou 5,3 trilhões. O PIB per capita foi de R$ 24.121 em 2012, alta de 1,0% em relação ao resultado de 2011. Em 2013, o PIB per capita ficou em R$ 26.445, aumento de 2,1% em relação ao ano anterior. 

O IBGE também revisou o resultado da taxa de investimento no País em 2013, que saiu de 20,5% para 20,9%. Já a taxa de investimento de 2012 passou de 20,2% para 20,7%. A taxa de poupança em 2013 ficou em 18,3%, enquanto a taxa de poupança em 2012 foi de 19,1%. 

Setores. O resultado da agropecuária em 2012 saiu de -2,5% para -3,1%. Já o PIB da indústria passou de alta de 0,1% para queda de 0,7%. Na direção oposta, o PIB de serviços melhorou de 2,4% para 2,9%.

Pela ótica da demanda, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) foi revista de queda de 0,6% para avanço de 0,8%. A taxa do consumo das famílias passou de alta de 3,9% para 3,5%, enquanto o consumo do governo saiu de 3,2% para 2,3%.

Tudo o que sabemos sobre:
IBGEPIBrevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.