IBGE: taxa de desemprego em SP é a menor da série

A taxa de desemprego na região metropolitana de São Paulo, que representa cerca de 40% da ocupação nas seis regiões pesquisadas pelo IBGE, chegou a 6,8% em agosto, a menor taxa mensal da série histórica da pesquisa mensal de emprego, iniciada em março de 2002. Em julho, a taxa na região era de 7,2%.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

23 de setembro de 2010 | 11h41

No mês passado, a população desocupada em São Paulo somava 681 mil pessoas, o que representa uma queda de 5,0% ante julho e recuo de 24,9% ante agosto de 2009. A população ocupada, por sua vez, totalizava 9,3 milhões de pessoas, com variação de 0,1% ante o mês anterior e alta de 2,1% ante igual mês do ano passado. Foram geradas apenas 6 mil vagas na região em agosto ante julho, e mais 195 mil na comparação com agosto de 2009.

O destaque para o mercado de trabalho metropolitano paulista em agosto, além da queda na taxa de desemprego, foi o aumento de 8,2% no número de trabalhadores com carteira assinada ante igual mês do ano passado. Na comparação com o mês anterior, o emprego formal na região aumentou 1,8%.

Tudo o que sabemos sobre:
IBGEtaxa de desempregocarteira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.