IBGE: taxa de desemprego segue em 6,4% em maio

A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou estável em maio, em 6,4% - a mesma variação apurada em abril. O resultado, divulgado hoje, veio dentro do intervalo das estimativas dos analistas, que esperavam taxa de 6,20% a 6,90%. A mediana das projeções apontava 6,40%.

DANIELA AMORIM, Agencia Estado

22 de junho de 2011 | 09h08

De acordo com o IBGE, o rendimento médio real (descontada a inflação) dos trabalhadores brasileiros registrou variação positiva de 1,1% em maio ante abril. Na comparação com maio do ano passado, o aumento foi de 4,0%.

Tudo o que sabemos sobre:
desempregoempregorendaIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.