Ibope: e-commerce permanece estável

O percentual de internautas que faz compras atrvés da Internet manteve-se estável em dezembro no patamar de 15%. O crescimento é observado apenas em números absolutos, quase um milhão de consumidores, já que a categoria está em expansão. A informação consta da 9ª Pesquisa Internet POP, divulgada hoje. "O porcentual de compradores online não está crescendo, o que não é uma boa informação para o mercado", disse o diretor de Audiência do Ibope Mídia, Antonio Ricardo Alves Ferreira.A pesquisa traz outra indicação de que o comércio eletrônico ainda tem muitos obstáculos a superar: 63% dos Internautas que ainda não compraram pela rede afirmam que não pretendem realizar nenhuma compra online nos próximos três meses. Segundo o levantamento, refletindo o perfil dos usuários da Internet, a maior parte dos compradores online também é homem e pertence às classes A e B: 60% e 90%, respectivamente. Os Internautas que mais fazem compras pela rede têm entre 30 e 49 anos. Nesta faixa etária, 19% dos usuários jácompraram pela rede. O levantamento engloba São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Recife, Fortaleza e Distrito Federal. Segundo o Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, ao comprar pela Internet, os consumidores devem tomar alguns cuidados especiais para evitar futuros aborrecimentos, como, verificar a idoneidade da empresa que comercializa os produtos, as formas de pagamento - evite usar o cartão de crédito - , prazos de entrega e garantia do produto. Outra dica importante é trocar informações sobre o produto por meio de e-mails, para que fiquem registradas as informações prestadas pela empresa, caso haja necessidade de contestação no caso de insatisfação do consumidor. Veja mais informações no link abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.